Bem vindos ao meu blog!



segunda-feira, 20 de junho de 2011

Férias pra mim

Como quase todos os jovens, eu também acho que estudar não é a melhor coisa do mundo. Nada que um computador não possa substituir um livro? Pois bem, época de férias de inverno, adolescentes na maior agitação, não agüenta mais ir pra escola, não vê a hora de poder dormir até tarde sem preocupações. As crianças já estão em crise porque vão ficar quinze dias sem ver os professores, sem escrever nos cadernos e tal.
Bem, eu já estou em estado extremamente critico. Tipo, enquanto eu sofro para abrir meus olhos de manhã, eu vou jogando pra fora todo meu vocabulário negro, todas as palavras sujas que eu ouço durante o dia anterior.
Quem conversa comigo de manhã, deve achar que está falando com um zumbi. Por umas três horas, eu fico em estado inconsciente, eu mais ou menos não lembro de nada que ouço neste horário.
Minha tarde é o momento mais solitário do mundo, é nessas horas que eu coloco o papo em dia com a Julia e com o Jorge. Eu fico quase totalmente sozinha em casa, apenas com meu esquilo.
Mas, infelizmente é um momento que passa muito rápido, e quando eu vejo a tropa já chegou pra me levar á loucura. Meu irmão entra em casa como se tivesse acabado de pular o portão do hospício, deixando-me extremamente louca.
Aí é que eu penso, chega minha mãe, que pede um relatório completo de como foi meu dia, se recolhi as roupas do varal, se enxuguei a louça e tal.
Aí, eu penso. Quem seria o anormal que não gosta de férias? Quem seria o infeliz que chora porque precisa ficar em casa?
Sem duvida essas pessoas não tem amor á vida. Po, quem prefere fazer exercícios de matemática mais ou menos assim 108x + (b/2a) = - R[(b²-4ac) / 4a²] – 3¹²³/2abc³ do que ficar em casa dormindo?
Escola é um mal necessário na minha opinião, mas férias é férias. Semaninhas super tensas que não fazemos exatamente nada. Há quem prefira ficar bolando protestos, pra acabar com as férias, tendo pesadelos horríveis com a escola sendo demolida, dormindo sobre livros e blá blá blá.
Mas eu, enquanto isso, vou estar super preocupada decidindo se vou passar a manhã na piscina, ou se vou ir tomar um sorvete no shopping, que situação.

Seu Jorge

Não aguento mais minha rotina. É todo dia a mesma coisa: acordar cedo, ir pra escola, perder minha tarde no computador, tomar banho, e dormir. É sempre igual, e eu não aguento mais. O dia é longo, e eu acho que posso aproveitar mais, acho que devo aproveitar mais. Mas sabe, ando muito desmotivada, não tenho um porque de aumentar minhas atividades diárias, me sinto extremamente sozinha.
Não tenho alguém pra conversar, alguém pra me apoiar e isso esta me deixando doida.
A pia da cozinha passou a se chamar Julia, e o sofá chama-se Jorge.
Isso, até então não era problema pra mim, porque, afinal, todo mundo tem amigo imaginário e coisa e tal. Mas senti que a coisa tava feia quando passei a chorar quando descobri que a minha mãe vai trocar de sofá.
Isso mesmo, meu companheiro, meu amigo, fiel, parceiro de todas as tardes, será substituído. Aí eu penso, passo minha vida toda com Jorge, aí, de repente, eu descubro que ele será trocado por um Ricardão.
Pra quem não ta entendendo o meu sofrimento, é só pensar na sua própria vida. Quantas vezes somos trocados? Ou temos que nos acostumar longe de alguém? Aqueles que nos acompanham á anos, de uma hora pra outra temos que substituir.
Com certeza, eu nunca vou esquecer Jorge, por mais que agora ele será embrulhado numa lona preta e esquecido em um canto da nossa garagem, eu vou lembrar dele sempre.
Como ninguém o conhece, eu vou apresenta-lo. Jorge morava na casa da minha bisavó, quando eu ainda nem tinha nascido. Aí quando minha bisavó faleceu, ele foi pra casa da minha avó, e passou bons anos lá. E, por fim, á cerca de sete ou oito anos, Jorge passou a morar na minha casa. Ele já viajou muito, e agora, no momento que mais precisará de descanso, ele será esquecido e substituído. Isso me corta o coração.
Para os seres humanos, ele não passa de um sofá amarelo, mas para mim, ele é um companheiro.
As pessoas preferem valorizar um colega, ou um vizinho, que diz ser amigo, até que dá o bote. Preferem sempre o mais bonito, o mais poderoso, o mais rico. Mas, no final, sempre acabam perdendo. Será que ninguém da valor as pequenas coisas? Será que ninguém mais vê vida onde a mesma parece não existir?
Mas, os bons sempre vencem, e no final, as pessoas vão aprender a valorizar a coisa certa, e deixar de lado aquilo que não presta. Mas aí, pode ser tarde de mais.

Ei, isso é apenas ficção /ounão

domingo, 15 de maio de 2011

Todo mundo igual

Sabe, ultimamente to pouco me lixando pro que os outros dizem. Não tenho mais medo de sair de casa de pantufas e com calça rasgada. Pouco me importo se alguém vai ler isso. Eu quero é tentar ser feliz. Tentar voltar no tempo e poder viver minha vida em paz.
Porque o tempo passa? Porque agente muda? Porque continuar aqui? Não sei.
Mas, na lógica, sério, isso tem que ter um porque, eu não quero saber que tudo isso esta acontecendo por acaso. Eu não quero nem pensar que tudo isso não vai melhorar. Po, pensamento positivo sempre, eu sou um vencedor, eu estou aqui, e isso é para poucos.
Acho tamanha injustiça com Deus as pessoas que se matam ou abortam. Qual é? Se Deus te deu esse privilegio de viver, aproveite mano, e nunca, em nenhuma hipótese, tire a vida de uma criança, mesmo que você, seja uma adolescente irresponsável, que se iludiu por uma noite de prazer, e agora não quer carregar uma barriga e sentir enjôos, faça esse sacrifício, ao menos pense na vida desse pequeno, ele não tem culpa pela sua irresponsabilidade, ele quer viver, ele é alguém assim como você, ele merece.
Aí, sociedade, deixa de lado esse preconceito ridículo que você carrega ai dentro, vamos deixar as pessoas viverem suas vidas como elas bem quiserem. Qualquer mendigo aí na rua é igual a mim e igual a todo mundo, todo mundo tem o mesmo fim.
Você não é nem um pouco diferente só porque o seu perfume é igual o da Paris Hilton.
Eu já larguei de mão disso, se todo mundo nasceu pelado, sem nada nas mãos, inocente, porque temos que crescer e virar orgulhosos?
Pense nisso.

segunda-feira, 25 de abril de 2011

E hoje mais do que nunca eu sei o quanto você precisa de um alguém para lhe confortar, para lhe informar que não estás sozinha. Um alguém que te faça sentir como se fosse a pessoa mais importante desse mundo. Um alguém que lhe prove que o seu sorriso, para ele, é a maior prova de felicidade que já pode existir. Um alguém que ache graça, ou invés de lhe julgar quando algum erro cometeres. Um alguém que lhe aqueça numa tarde fria, que te abrace tão forte que assim tu passes a sentir um leve calor. Um alguém que lhe diga palavras bonitas, pequenas, porém de significado imenso, magnífico. Um alguém que não irá lhe deixar com o tempo. Um alguém que queira sua presença junto a dele para sempre. Um alguém que lhe acorde todas as manhãs com cócegas, para lhe mostrar, que sim, podemos fazer de nossos dias os melhores. Um alguém que te faça parar de julgar todos os garotos, devido ao erro de um só. Um alguém que te provoque, só com a intenção de lhe fazer ficar brava, porque ele te ama assim. Um alguém que lhe elogie por inteira, mesmo quando você mesma está se achando desagradável. Um alguém que lhe faça repensar sobre a sua última promessa feita, aquela de jamais voltar a se apaixonar por uma pessoa. Um alguém que honre a chance que deu a ele, aquela de poder lhe chamar de minha. (tudoemfrases)

domingo, 24 de abril de 2011

Um bebêzinho fofo!


Ultimamente eu ando sentindo falta de um bebê na casa, tipo, aquele cheirinho perfumado espalhado pela casa... To com saudades de ter que fazer silencio em casa, ou sei la, de ter que carregar aquela bolsinha cheia de fraldas pra todo lado que eu for.
Acho que não aproveitei o meu irmão, acho que ele foi bebê por muito pouco tempo.
Minha mãe e seu marido, não querem nem ouvir meus pedidos suplicantes de um novo irmão, dizem que querem aproveitar a vida e minha mãe não quer perder tempo amamentando. Os adultos tem hora certa para tudo mas eu ainda não entendi essas de relógio e tarefas estafantes que as pessoas precisam fazer, isso parece ser mentira, só pra não satisfazer minha vontade.
To precisando reaprender a ninar um bebê, como dar banho e como trocar uma fralda.
Mas, o que eu mais quero, é poder, daqui uns anos, ter uma irmã em quem confiar, ter uma mulher pra poder ouvir meus problemas, alguém que eu poça confiar sem medo de que me abandone.
To precisando ver fraldas espalhadas pela casa e roupinhas miúdas penduradas no varal.
HEHEHE, viajei.

sábado, 23 de abril de 2011

i miss you

Mas não estou triste, pelo contrário...
Até deixo escapar um sorriso...

Comer não me parece tão importante agora...

Me sinto alimentado por outra coisa...
Acordo com os mesmos pensamentos...
E os mesmos me impulsionam a ter um grande dia...

Quando eu te vejo sinto coisas estranhas... Mas boas...
Quando falo com você minha cabeça pensa direito...
Mas minhas palavras saem embaralhadas...

Por que minhas mãos estão suando?
Sozinha me pensamento fozlaiza em alguém..
Esse algué é você...
É estou amando...

Maria Eduarda *-*

Pra falar a verdade, eu voltaria pra tua escola hoje.

Polaquinha da prima >.< Maria Luiza linda, te amo



Que puta saudades que eu tenho do ballet :S

Nuuuuuus meu povo de sempre que saudades

E ai tigrada, noosa que saudades desse gueto aí, v6 deixaram saudades seus vadios :SS

HAHAHAHA hoje tá bom de tira as coisas do fundo do baú

desculpe amiguinhas mas eu vou ter que queimar o filme de vocês, porque nós estamos todas seduzindo geral no "Jantar do Lions de Ilópolis" em Abril de 2007.
Sente a sedução da minha sobre legging roxa ^^

Segue aí a homenagem que fiz pra minha best nos 15 dela, aaaaaah, e algumas fotenhas tbm:





Para Sempre

Amiga, lembra daquele dia que eu te disse que poderia partir? Pois é, você duvidou, e eu também. Mas aconteceu, e nós ficamos sem ter o que fazer. Como seria a separação de duas amigas de infância, que cresceram juntas e juntas descobriram a amizade?
É, foi uma separação dolorosa, e hoje eu estou aqui, tentando colocar pra você o quanto és importante pra mim.
Eu nunca pensei que depois de tudo que vivemos juntas teríamos que nos despedir, por motivos bobos, intoleráveis, incompreensíveis.
Samanta, lembra-te do dia que adotamos nossos passarinhos? Lembra da nossa emoção os levando pra tua casa, sem mesmo saber onde iríamos colocá-los, os carregando naquela minúscula caixa de papelão junto as nossas bicicletas? Lembra quando os batizamos e quando os casamos? Lembra-te do enterro? Nós duas tão inocentes tendo que enterrar um bichinho tão inofensivo.
Choramos é claro, quando tu me contou do teu primeiro amor, da tua briga com tua mãe, e das vezes que tu se fez de consolo pra mim.
Amiga, te lembra do nosso primeiro banho de chuva? Eu não devia ter me queixado de ter ficado resfriada aquele dia. Eu devia ter aproveitado, pois sabe-se lá quando eu terei outro momento igual a esse.
Amiga, Lembra-te das nossas guerras de brigadeiro, dos nossos sorvetes no fim de tarde, e da nossa fábrica de chocolate?
Meu eterno consolo, é assim que vou te chamar de hoje em diante, minha melhor amiga, com letras maiúsculas, de um jeito que só tu entende, de um jeito que só tu poderá repetir pra mim.
Garota, você vale ouro você é única, insubstituível. Só você consegue ser o que é, seu jeito complicado, como uma garota delicada, que não sai de casa sem ter o cabelo arrumado e sem uma maquiagem no rosto, você é aquela menina que consegue demorar horas decidindo se coloca uma saia ou um vestido, mas isso nunca me incomodou, e sabe, eu vou estranhar se minhas futuras amigas estiverem prontas na hora que eu combinar com elas, estou tão acostumada contigo.
Por favor, me ouça, nunca deixe de ser a minha Samanta, a minha melhor amiga, com a personalidade que tu tens, não se iluda por qualquer coisa, não se deixe influenciar por ninguém, e nunca, nunca mesmo, esqueça de mim, pois um amigo não é apenas aquele que te acompanha nas melhores festas, e nem aquele que te apresenta meninos bonitos. Amigo é aquele que te empresta o ombro quando tu precisa chorar, que te empresta o casaco quando estiver com frio, e te empresta a própria vida se estiver em perigo.
Eu não quero perder nenhum contato contigo, nem que eu deixe de existir, e quando estiver naqueles momentos de solidão, pode ligar para mim, porque eu vou estar sempre pronta para te ouvir, e como uma boa amiga, eu sempre vou estar disponível para te dar conselhos e para te dizer se está certa ou errada.
Sa, lembre-se sempre: “Entre duas amigas, o lema é quando uma cai, as duas se machucam”.

Em homenagem á ti, minha eterna amiga, que me ensinou que o futuro pertence àqueles que acreditam na beleza de seus sonhos.




Da sua irmã do coração, Maria Paula.

É isso aí sociedade

"Certo dia parei para observar as mulheres e só pude concluir uma coisa: elas não são humanas. São espiãs. Espiãs de Deus, disfarçadas entre nós.

Pare para refletir sobre o sexto-sentido.
Alguém duvida de que ele exista?

E como explicar que ela saiba exatamente qual mulher, entre as presentes, em uma reunião, seja aquela que dá em cima de você?

E quando ela antecipa que alguém tem algo contra você, que alguém está ficando doente ou que você quer terminar o relacionamento?

E quando ela diz que vai fazer frio e manda você levar um casaco? Rio de Janeiro, 40 graus, você vai pegar um avião pra São Paulo. Só meia-hora de vôo. Ela fala pra você levar um casaco, porque "vai fazer frio". Você não leva. O que acontece?
O avião fica preso no tráfego, em terra, por quase duas horas, depois que você já entrou, antes de decolar. O ar condicionado chega a pingar gelo de tanto frio que faz lá dentro!
"Leve um sapato extra na mala, querido.
Vai que você pisa numa poça..."
Se você não levar o "sapato extra", meu amigo, leve dinheiro extra para comprar outro. Pois o seu estará, sem dúvida, molhado...

O sexto-sentido não faz sentido!

É a comunicação direta com Deus!
Assim é muito fácil...
As mulheres são mães!

E preparam, literalmente, gente dentro de si.
Será que Deus confiaria tamanha responsabilidade a um reles mortal?

E não satisfeitas em ensinar a vida elas insistem em ensinar a vivê-la, de forma íntegra, oferecendo amor incondicional e disponibilidade integral.
Fala-se em "praga de mãe", "amor de mãe", "coração de mãe"...

Tudo isso é meio mágico...
Talvez Ele tenha instalado o dispositivo "coração de mãe" nos "anjos da guarda" de Seus filhos (que, aliás, foram criados à Sua imagem e semelhança).

As mulheres choram. Ou vazam? Ou extravazam?

Homens também choram, mas é um choro diferente. As lágrimas das mulheres têm um não sei quê que não quer chorar, um não sei quê de fragilidade, um não sei quê de amor, um não sei quê de tempero divino, que tem um efeito devastador sobre os homens...

É choro feminino. É choro de mulher...

Já viram como as mulheres conversam com os olhos?

Elas conseguem pedir uma à outra para mudar de assunto com apenas um olhar.
Elas fazem um comentário sarcástico com outro olhar.
E apontam uma terceira pessoa com outro olhar.
Quantos tipos de olhar existem?

Elas conhecem todos...

Parece que freqüentam escolas diferentes das que freqüentam os homens!
E é com um desses milhões de olhares que elas enfeitiçam os homens.

EN-FEI-TI-ÇAM !

E tem mais! No tocante às profissões, por que se concentram nas áreas de Humanas?
Para estudar os homens, é claro!
Embora algumas disfarcem e estudem Exatas...

Nem mesmo Freud se arriscou a adentrar nessa seara. Ele, que estudou, como poucos, o comportamento humano, disse que a mulher era "um continente obscuro".
Quer evidência maior do que essa?
Qualquer um que ama se aproxima de Deus.
E com as mulheres também é assim.

O amor as leva para perto dEle, já que Ele é o próprio amor. Por isso dizem "estar nas nuvens", quando apaixonadas.
É sabido que as mulheres confundem sexo e amor.
E isso seria uma falha, se não obrigasse os homens a uma atitude mais sensível e respeitosa com a própria vida.
Pena que eles nunca verão as mulheres-anjos que têm ao lado.
Com todo esse amor de mãe, esposa e amiga, elas ainda são mulheres a maior parte do tempo.
Mas elas são anjos depois do sexo-amor.
É nessa hora que elas se sentem o próprio amor encarnado e voltam a ser anjos.
E levitam.
Algumas até voam.
Mas os homens não sabem disso.
E nem poderiam.
Porque são tomados por um encantamento
que os faz dormir nessa hora."


MUAHAHAHAHA nós temos poderes meu filho ^^
Isso é muito a cara da minha mãe,
Flw mãe, é pra ti, bj te amo!

Mamãezinha achei um registro seu por aqui



Viu mãe, eu sempre lembro de ti... Feliz páscoa!

Pascoa 2006...

Hooje eu tava fuçando aqui no pc do vô e encontrei uma cartinha que eu escrevi pro coelhinho, que eu já com oito aninhos já sabia que coelho da pascoa era um mito (desculpe as crianças que estão lendo isso):

sábado, 12 de março de 2011

que emoção saber que meu blog nasceu em 2009, antes de virar modinha *---*

quinta-feira, 10 de março de 2011

Melhores amigas!

Amigα… erα umα vez um corαcão pαrtido, eu estαvα αndαndo sozinhα nα escuridão, procurαndo um jeito prα começα de novo, porque eu não poderiα dαr prα um αmigo, não existiα αmor nα minhα vidα, não existiα brilho nos meus olhos, e αs lαgrimαs que eu tinhα chorαdo, pαreciα que nuncα teriαm fim! , eu nuncα pensei que conto de fαdαs tornαssem reαlidαdes, mαs αgorα sei que sim porque eu encontrei você minhα αmigα que eu sei que posso confiαr em tudo!

Quαndo estiver αssustαdα, eu ficαrei com você , Quαndo você sentir que cαiu, eu irei te levαntαr.
Quαndo seu corαção se pαrtir, eu irei αcαlmαr suα dor, custe o que custαr, eu estαrei contigo sempre que você precisαr de um αmigo.

todαs αs nossαs vidαs, em quαlquer lugαr que estejαmos, αpenαs estique α mão que eu α segurαrei bem forte, sempre quαndo precisαr! eu nuncα vou te esquecer, você vαi estαr sempre no meu corαção

domingo, 6 de março de 2011

Pai

Pai
Você é aquele, que mesmo distante me orgulha muito... Sempre acho que você é uma pessoa ótima para servir de exemplo para muita gente. E acho que você não gostaria de me ver longe assim, e essa distância tola, se resume em uma simples palavra: saudade. “Pai” é difícil ouvir isso sabendo que hoje chegarei em casa, e mesmo procurando, no quarto, no banheiro e no quintal, não irei encontrá-lo, mas não me desanimo, pois essa distancia só nos da mais união, o senhor não sabe o quanto é bom escutar assim: hoje eu e você vamos ao mc´donalds, a felicidade transborda, quando eu sei que vou ter um tempinho da minha vida com meu pai, vou sair, contar as novidades, não importa onde iremos, pode ser pra lua, pra China, pro Japão, não sei só sei que vou estar com você.
O senhor sabe que te amo muito, tanto como amo minha mãe, só que passo todos os dias da mina vida sem você, só te vejo nas férias, ou nos feriados, e isso é ruim, pois meus amigos todos, acordam com o pai roncando, ou coisa parecida, e eles reclamam, mas eu não acho justo, pois não tenho você aqui.
Com a mãe se faz muita coisa, agente vai ao mercado, faz compras, mas com o pai é diferente, se assiste televisão, joga vídeo game, e tal, só que essas coisas tenho que fazer muito delas sozinha.
De hoje em diante vou tentar me aproximar mais de você, tentar ter mais tempo com você, só nós dois, é bom que você saiba que muita coisa eu gostaria de fazer só com você, tem coisa que eu não falaria na frente de “outras pessoas” que você sabe quem, assim parece que a cada dia estou me distanciando mis de você, quero mais atenção, mais diversão, quero mais você, o senhor é muito importante na minha vida, e é bom você saber. É ruim ter um família quebrada, isso parece brincadeira de esconde-esconde, cada um escondido numa parte do mundo.
Ainda estou pra encontrar alguém melhor que você, meu pai!
Meu grande Pai!
Obrigada por me proteger mesmo a distância, contigo meu pai, aprendi muitas coisas, e delas retiro as de mias importância.
Contigo tive vários momentos de alegria, desde brincando de bingo, até assistindo Debi e Lóide. Nós parecíamos duas crianças bobas nos divertindo,mas parece que essa diversão está acabando parece que foi escrita com uma caneta especial, e com o passar dos anos ela se apagando, devagar, sem que nós víssemos, mas eu noto sua ausência Aprendi contigo e com essa empatia que temos ainda muito que aprender que rir, cantar, chorar e amar é apenas o segredo de sermos duas almas que sentem as dores um do outro, aprendi contigo o valor de sermos “dois” e “um” estarmos juntos, estando separados, numa integridade única de quem sabe o que quer…
Ao que tudo indica, o Dia dos Pais tem uma origem bem semelhante ao Dia das Mães, e em ambas as datas a idéia inicial foi praticamente a mesma: criar datas para fortalecer os laços familiares e o respeito por aqueles que nos deram a vida.
Obrigada mais uma vez por existir, e nunca me esquece, beijos da filha Maria Paula Fernandes Donelli.

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Vá em paz meu bem

Meu amigo La em cima, eu já avisei, eu disse pra ele que meu dengo ta ai, ele chegou cansado, precisando dormir. Ó meu pai do céu, escute bem eu contar, Tem alguém ai contigo que precisa descansar. Eu sei que ai você já deu, teu boa noite ao meu avô, deixe que ele resolva, quando deve acordar.
Aqui eu já entendi, que todo mundo precisa, de um tempo aí, pra sentir teu poder, tua graça e louvor, e quando chega a hora, todos devemos partir.
Agora espero senhor, que meu recado repasse á ele, que me olhes da onde estiver já disse que estou pronta, pra o que der e vier. O meu lindo aí no céu, preste bem atenção, pode ficar tranqüilo, que a sua lição repassou.
Te vejo de pé ao meu lado, me guiando nas trilhas da vida, me dizendo o caminho certo, dando tua despedida. O teu cheiro não quer mais sair, do meu peito cheirando alecrim.
Você sabe partiu sem saber, mas que tudo fazemos pra ti. Quando peço ajuda eu sinto tua mão a minha apertar, eu sei que você esta perto, e perto vai ficar.
Os outros te querem aqui, mas eu disse, aí ta melhor, ta tudo limpinho e coberto, de graça do nosso senhor.
Tua missão eu sei que tu já cumpriu, Deus sabe o que ele faz, quando leva alguém desse mundo, significa que a hora chegou.
Ó meu nego, pode ir embora, não te preocupe conosco aqui, estamos todos alegres contigo, você fez tudo o que era pra ser.
Assim eu me despeço ó meu anjo, te digo que pode dormir, e que contigo carregue, meu amor sem fim.

domingo, 30 de janeiro de 2011

As gordinhas 2

Gordinhas X Roupas
Caraca, você já pensou em ser gordinha por um dia?
É muito difícil, gordinhas acordam mais cedo, porque precisam encontrar uma roupa de acordo no seu guarda-roupa.
Elas precisam de tempo e de espelho, elas se sentem, nada mais nada menos, que gordas, obesas ou acima do peso. Elas não conseguem esconder aquelas pochetes que ficam caídas por cima das calças, ou aquelas bundinhas que ficam escapando na dobra dos braços.
As gordinhas não gostam de calçar 39. Elas se sentem mal e desequilibradas quando sobem em salto. As gordinhas muitas vezes não conseguem deixar de ser gordinhas, e isso ás irrita.
As gordinhas têm dificuldades para engravidar, e quando o mesmo acontece, é considerado algo de risco.
As gordinhas têm medo de ir a lugares que seu peso se torne uma vergonha. Mas elas gostam de sair e se divertir, elas gostam de transmitir energia positiva, gostam de amigas magrelas e não sente ciúmes delas.
As gordinhas acham que cabelo comprido chama atenção.
As gordinhas não querem filhos gordinhos.
As gordinhas não gostam de excesso de elogios, isso pode ser uma ofensa a ela.
As gordinhas não são um mito apenas porque andam com as pernas abertas, ou porque parecem colocar medo em muita gente, as gordinhas cuidam de suas mãos, e não gostam de não conseguir roupas no EG.

As gordinhas

Uau, tantas festas animadas por causa delas, as gordinhas são as melhores!
Em todos os lugares, elas arrasam. Elas deixam todos de queixo caído quando passam na pista de dança. Qual é, isso nem é motivo de surpresa, elas são normais. E ai vai uma mensagem para minhas amigas magrelas, aquelas que comem uma folha de alface e se dizem satisfeitas: Os homens não se preocupam se vão pegar uma menina de manequim 36 ou 44; Eles querem bunda, peito e uma boca carnuda.
É bom ir num lugar que tem uma gordinha, é tão alegre, parece que ela põe vida no ambiente, chega com aqueles papos legais, piadas malucas, sei lá, elas tem o dom.
Mas, pensando bem, não pense que você pode se tornar uma gordinha assim tão fácil, pra ser gordinha tem que ter estilo!
Gordinhas sabem se vestir, pelo menos a maioria delas tem noção de que não pode usar um jeans apertado da sua irmã de 11 anos, que não pode usar pouco pano e etc.
Gordinhas sabem que o preto tapa o que elas não querem mostrar, e também sabem todos os truques para parecer mais magra.
As gordinhas não mostram, mas têm vergonha de ser gordinha, elas não gostam de não poder colocar qualquer tipo de biquíni e não poder abusar no colorido, as gordinhas transpiram mais.
Os homens que se apaixonam por gordinhas não gostam de mostrar seus sentimentos, se sentem um pouco perdidos, excluídos. Mas, eles sabem que tem onde pegar.
As gordinhas são mais decididas, mais amigas e maduras. Elas são as melhores!

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

O PAPEL DO CHICLETE TRIDENT, É COMESTÍVEL!

Hoje minha criatividade está á baixo de zero, isso está bem notável.
Mas, tirei minhas conclusões, e para sua dúvida, o papel daquele famoso chiclete trident, é sim comestível.
Na verdade não é bem essa sua finalidade sabe, mas ele é um papel sem produtos químicos, sendo assim, pode ser ingerido, pois na lógica, tudo o que entra, sai né?
Reparo sempre nas pessoas, que elas não comem esse papelzinho, por uma simples vontade, normalmente fazem isso porque não há uma lixeira próxima, ou está querendo impressionar seu amigo ao seu lado.
O que a marca trident deveria fazer, era aromatizar os papeizinhos com os mesmos sabores do chiclete, assim iria ser bem mais gostoso e prático para os consumidores.
Mas, todas aquelas pessoas que já comeram essa embalagem, sabem que isso não é muito agradável, ele desmancha na boca, dando um gosto de árvore. Acho que realmente minha idéia de papeizinhos aromatizados iria sair bem, não é?

domingo, 25 de julho de 2010

É melhor amar ou ser amado?

Só porque este texto começou com uma pergunta não significa necessariamente que ele vai terminar com uma resposta. Aliás, já vou avisando que não vai. Principalmente porque a questão acima não tem uma resposta, mas várias. Hoje você pode acordar com uma opinião na ponta da língua; amanhã seu pensamento pode ser exatamente o contrário.

É claro que há gente que ama e é amado, já que um sentimento não exclui o outro, mas isso acontece apenas em raras vidinhas perfeitas. Você ama uma pessoa, essa pessoa te ama de volta. Ponto final. Há probleminhas, mas basicamente você é feliz. E a vida segue razoavelmente tranquila, com pouco desequilíbrio emocional e eventuais briguinhas resolvidas por meio de deliciosos atos sexuais de reconciliação.

Na verdade, essa pergunta só tem sentido quando os dois sentimentos não acontecem simultaneamente, pelo menos para uma das pessoas envolvidas. Só então a gente acaba sendo obrigado a se perguntar: é melhor amar ou ser amado?

Não há dúvidas de que ser amado tem suas vantagens. Você não sente aquela emoção arrebatadora, mas também não fica tão mal se algo dá errado ao longo do caminho. Já amar dá um pouco mais de trabalho: quem ama fica dependente do objeto da paixão. E há sempre o risco desse amor deixar de ser correspondido, ou seja, a infelicidade pode estar ali, virando a esquina.

Quem é amado recebe; quem ama, dá. Quem é amado tem o poder nas mãos, quem ama está vulnerável como um carro sem freios no topo da ladeira. E, paradoxalmente, um sentimento não existe sem o outro: não adianta nada ter uma montanha de caviar se você está totalmente sem fome.

Tenho certeza de que você já foi amado sem amar, assim como é provável que você já tenha amado sem ter sido correspondido. Esse desencontro faz parte da vida amorosa, cuja formação começa na adolescência. Será mais fácil se apaixonar quando a gente é jovem? Ou a idade não tem relação com a emoção? O amor muda conforme o tempo passa; a gente também. Alguns dirão que amar é melhor quando a gente é adolescente; talvez sejam os mesmos que garantirão que, quando o tempo passa, o melhor mesmo é ser amado.

Será que existe gente que começa a amar e ser amado ao mesmo tempo? Nah. Se fosse assim, as pessoas diriam ‘eu te amo’ ao mesmo tempo, como um jogral. Mas não é isso que acontece: alguém sempre diz antes. É melhor dizer ‘eu te amo’ ou ‘eu também’? Desculpe, mas essa é outra pergunta sem resposta.
Texto de Felipe Machado

De que vale o amor?

No coração ninguém manda e muitos questionamentos surgem diante do sentimento, principalmente quando não temos nenhuma resposta de quem gostamos. Ficamos maquinando dentro de nós:

“Estou amando, porém, fulana (o) não está nem ai para mim…” E pensando até: “Não seria tudo mais fácil se ela (e) gostasse de mim? O que eu tenho de errado? Porque ela (e) não me vê?”

São perguntas que geralmente atormentam as pessoas que amam e não são correspondidas. E muitas vezes até pensamos em fazer algo que faça os olhos do outro mirarem em nós.

Quem nunca se imaginou salvando a vida da pessoa amada da frente de um carro ou algo parecido? Um ato heróico, uma cena de filme!

Quero lhe dizer algo: Você tem o dom de amar!

Fomos criados por amor e no amor, mesmo que esse amor nos traga sofrimento, incômodo, lágrimas nos olhos e outras coisas que, só quem passa sabe o que é. Você já passou por isso?

Você se pergunta “Porque Deus permitiu que eu a (o) conhecesse, me encantasse, me apaixonasse por aquela (e) BENDITA (O)?”

Na verdade Deus quer te dar um coração semelhante ao Dele, um coração dilatado para amar. Podemos até pensar que nada disso seja justo, mas a verdadeira justiça é o Amor!

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Tudo começou no messenger, quando ficamos sabendo que talvez poderiamos nos distanciar por motivos pessoais.
Maria diz:
*Nada é certo, tudo pode acontecer. Amanhã você pode acordar sorrindo, ou pode até não acordar. Você pode perder um amigo, que, sei lá, se isso importa ou não. Mas tudo tem uma conseqüência, ou mais ás vezes. Hoje você pode adoecer, e se morrer deixará pessoas legais. Pessoas que você conviveu por anos e anos, ou que em mesmo pouco tempo poderão ser muito importantes. Porque assim? Por que essas coisas acontecem? Mas isso só o destino poderá dizer.
Samanta diz:
*pq logo eu vo perde a minha melhor amiga , akela q me entende sempre , akela q passo os melhores momentos , os tombos , as brigas q só fortalacia nossa amizade , akela q eu tiive os melhores planos , akela q pode estar longe mas vai permanecer comiigo no meu coração , em um lugar reservado , ou seja no lugar maiis especiial concerteza , desculpa se te maguei beest algumas vezes , mas pode ter cert
*certeza q essa loka aki te ama muiito
   M    aria diz:
*maas, as vezes nosso corpo vai e a alma fica, nosso mundo vai e as amizades ficam, assim, como eu e você, espero nao te perder, e nunca sentir e saber o que eeh essa tal saudade, que espero nunca sentir e prezenciá-la dentro de mim. Quero aproveitar, os melhores e piores momentos, quero rir, amar, chorar, e fazer tudo que seja contigo, pq nada sei, e nada saberei. Posso te perder hj, ou amanha, podemos morrer hoje ou sermos eternos. Podemos nos desamar e nos adorar, mas nunca nos desaproximar.
Samanta diz:
*aa uniica coiisa q eu sei realmente é q aa melhor amiiga seempre sera vc , aléem d tdo pode existir milhares de amiigas em nossos camiinhos , mas nunka e nem uma vai ser completa como vc vc marco concerteza.
Maria diz:
*nao será possivel, tão fiéis somos á Deus, e então nos faz algo assim, tão irreal, tão diabólico, anormal. Parece impossivel, como a queda das flores na estação mais bela do ano. Será que temos a esperança de que um dia o outono vá e volte então a primavera? trazer as flores e as semente que deixamos para trás? Isso não poderá acontecer. É ficção, tudo dará certo, continuaremos nos amando, como mãe e filho, que unem-se pelo cordão umbilical que ali está presente.
te amo mais do que Romeu amou Julieta.
Samanta diz:
*eu taaaambéem best te amoo maiis q tdo , te amo como nunka vo amar alguéem , tee amoo de um geiito todo especiial , pq siim vc é a maiis especiial pra miim , e sera sempre especiial aonde vc estiiver ngm nesse mundo vai t substituir pq vc é insubstituivel , vc é akela amiiga q não é somente amiiga e siim a irmã q eu nunka tiivee.

terça-feira, 25 de maio de 2010

Meu natal é assim

O dom de Deus é insignificante! Ele proporciona uma série de elementos insubstituíveis ao ser humano, coisas que, nós não viveríamos sem, mas não estamos dando o valor tão necessário.
Olhe o que fizemos com o mundo! Acabamos com ele! O aquecimento global fomos nós que fizemos, o desmatamento da Amazônia também, e os rios? Também foi o ser humano que poluiu! aqueles lindos animais da nossa rica fauna estão se indo. Depois de muitos domingos de caça os pássaros sumiram, os macacos sumiram, e muitos outros bichos também.
Infelizmente o que o ser humano poderá aproveitar das mil coisas que Deus os deu será a família. Apesar de sempre vermos na televisão ou em jornais que jogaram o filho pela janela ou que esfaquearam o pai e a mãe, outros que valorizaram tem a família. E nesse fim de Mundo poderemos aproveitar o restante da vida com a família, a qual nunca irá nos abandonar.
Depois de tudo ir e vir nesse mundo o que ainda todo mundo tem é o pai, a mãe, e os irmãos. Não lembre dos amigos nessa parada, porque na maldita hora do sufoco sobrastes sempre a família, aquela mão enrugada e trêmula da mãe, e o colo macio do pai. Aquele abraço e auto-ajuda dos irmão também são de muita importância. E a noite de véspera de natal carrega consigo a graça de unir famílias e corações amargurados, sempre com muito aconchego e perdão. A troca de presentes, o aproximo dos familiares que não víamos a tempo, Aquele abraço que damos na mãe com a desculpa de ter feito isso somente no natal passado, e aquele mimo dos irmãos, que, agora com muitos filhos abrem mais a boca para sorrir. A mãe orgulhosa, na contagem regressiva, olhando para todos os filhos e netos para ver como estavam as expectativas, e, no final uma alegria imensa e abraços do tamanho do mundo!

quarta-feira, 28 de abril de 2010

quarta-feira, 14 de abril de 2010

Pulseiras do azar



Como pode os jovens ter inventado uma coisa tão patética como essa, arrebentando uma pulseira você tem de fazer o que manda as regras. Patético, até mesmo depois de varias noticias de estupro no pais todo, a garotada se prevalece cada vez mais, tudo aumentou mais depois dos fatos ocorridos, e a cada dia a quantidade delas aumentam e aumentam... Até meus amigos estão praticando essa brincadeira (pensei que eles iriam escapar dessa). Acabo de notar que as tentações estão começando agora, mesmo eu com doze anos de idade já vejo que as más influencias já estão perto de mim. Por enquanto está nas pulseirinhas, mas o que vemos de fatos com jovens que acabam usando drogas e traficantes por influencias de amigos por não estarem satisfeitos com sua vida é crescente.
As cores vivas e alegres das pulseiras que até então, não tem nada de mais, podem levar até a uma relação sexual. Amarelas, azuis, pretas, vermelhas... São as cores do azar.

terça-feira, 13 de abril de 2010

PAIXÃO OU ILUSÃO?




Como é estar apaixonado? É sentir o coração palpitar loucamente, sentir os olhos ardentes ao vê-lo, ficar tímido quando ele está por perto, quando olhar em volta, não vê ninguém alem dele, não pensa em outra coisa a não ser ele e faz de tudo para estar com ele. Descobri isso quando percebi que tenho todos os sintomas, sintomas da paixão, uma doença infernal. Se tiver ao menos três, considere-se apaixonada, se tiver todos, esqueça! Você é uma doida.
Classifiquei-me na segunda opção, sou uma idiota, que acreditei naquele amor de uma noite somente, e coloquei fé em um romance patético, que claramente é possível notar que não tem chance, fui atrás do impossível.
Hoje sofro. Vendo-o nos braços de outra. Até finjo às vezes, finjo que não lembro, mas meus olhos dizem tudo, e momentaneamente mudo profundamente, bate a tristeza, a vontade de chorar e gritar: “Porque assim, porque sou uma idiota?”.
Mas sei que não adiantaria. Pensei na distancia, pois bem, se talvez me afastasse tudo poderia mudar, acharia outra pessoa e o esqueceria.
Não funcionou, não “rolou” como dizem. Só me encrenquei, e o amor só aumentou.
Agora relato histórias iguais a minha, garotas tolas que caem na tentação e acabam sendo jogadas fora como um saco de cocô fedido, e fico pensando: “Quem será a próxima vítima?”.

quarta-feira, 10 de março de 2010

Diário de Penélope.


Quando um garoto de pele branca aparece em minha casa no escuro amanhecer penso mesmo em uma faca, pegar e correr, vou até atrás da porta, ouço passos, ele entrou, e o respirar de ansiedade, minhas lágrimas juntamente, o suor de minhas mãos. Vejo a sombra da criança, até então tão inocente, olhos vermelhos a me olhar, em suas mãos vejo uma espátula, bem comprida a me espelhar, tudo reflete, ele me aparece, quer me matar, se fugir, sou pega em flagra, morta, esfaqueada, mas também posso esperar, sem paciência, impaciente vou ficar para ver o que ele irá fazer, ao se virar e puxar a porta, ele me mira seu objeto e certamente pensa em me matar. Morte sofrida, morte matada. Ele vai me esfaquear. Porque então faria isso se não desfiz nenhum compromisso, não jurei por entes queridos e não puxei a descarga três vezes? Sem evidências esperei, por algo que nem sei, até o acontecer.

Do seu jeito.

Cabelos negros, olhos castanhos, sentimentos estranhos e brilho no olhar. Impaciente a menina inocente procurando loucamente por um garoto qualquer. Quero ver só um sorriso, quero estar junto contigo, nos momentos mais felizes e também quando sentir dor. Só um abraço vale mais que uma flor, um amigo, um chocolate, um cobertor. Você é luz, você é caminho, é meu mundo, meu mundinho, meu tudo, meu ser. Venha logo meu amor, te espero no luar, pode vir acompanhado, do seu perfume, seu cheiro, um louco moreno, me parte o ser, o querer e o ter. Enquanto sonho com seus beijos, meu desejo permanente, querer ter sempre, a todo instante um lindo garoto para abraçar. No momento mais distante, só meus olhos lacrimejantes te enxergam a caminhar e ao me virar me desperto e meu mundo está perto de se tornar mais nosso, então.

Perfume indesejado.

Na maresia do seu cheiro, sinto muito é desejo e querer te encontrar, ver as luzes nos seus olhos, seus lábios me seduzem e o meu peito a saltitar, tento o disfarce no momento, olhar ao lado, sentimento, ver um mundo a me esperar, a ansiedade vê a toa, você me olha estranhamente, tenho náusea, desespero de repente, mas o bom que a concorrência vai fazer eu te esquecer. Suas pernas lisas soltas, um olhar de então, poder, querer tudo ao mesmo tempo e fugir do meu pensar, não passa o tempo e no momento eu quero mesmo é te abraçar, mas sou forte, sou guerreira e vou me segurar, tranqüila vou ficando e acostumando so seu lugar. Ir embora agora é covardia, mas se eu ficar, perco a cabeça e antes que enlouqueça, vou voltar a estudar.

Você não se dá por conta.

Você pensa baixo, baixo demais, quase no chão, não sente meu peito, e meu coração? Meninas alegres, e uma só garota triste, normal? Não, você esqueceu. Esqueceu dos frutos que a pouco plantou em meu coração, mas a colheita não foi feita, venha antes que apodreça e que eu tenha que jogar fora sem lucros e com prejuízos, meu coração pede por favor! Não merece nem um perdão e quem sabe uma flor, uma margarida, bem-me-quer ou mal-me-quer? Sem respostas no momento, por enquanto no relento só sonhando a te esperar. Se não voltar, avise logo, quero mesmo é ver seus cabelos incolores como os olhos, que as vezes vejo as dores no meu peito a transpirar. E ao pensar em companhia, vem logo a agonia e a vontade de te ver.

Casa amarela.

Uma casa vazia no nada, lugares estranhos, sem gente, ninguém, carros abandonados, árvores balançam, nuvens escuras cobre o céu. As teias de aranha ultrapassam as placas, no ar e no chão. Enquanto os cães e lobos de rua latindo, urrando brabos com algo invisível. Talvez não tão invisível. Num lugar mais escuro, uma casa amarela, número dezoito, um barulho estranho ouve-se no quintal, e o céu escurece, barulhos de chuva começam a aparecer, um menino perdido mostra-se presente no abandono do local, e o que então parecia perdido, uma gota de presença alastra-se ali. Ruídos continuam, o menino abandonado entra na residência, o barulho final foi da porta se fechando: POW.

Conto de fadas não tanto ficção

Você não imagina o que nesse momento sinto. Talvez não devesse nem imaginar porque estou escrevendo. Não precisa saber que estou sofrendo, não vai adiantar. Você continua aí, não faz nada, será que nunca pensou que posso estar sofrendo? O que tem de errado com você? Seu coração se transformou em pedra ou só está disfarçando? Não fuja do amor, ele é tão lindo, assim como você. Agente pode ficar junto, e criar uma história linda, onde no final sempre termina num “felizes para sempre”, ou será que ainda não está na hora certa? Pode ser o momento do lobo-mal entrar em jogo, ele quer o coração da menina inocente, será que o príncipe irá salva-la? Ele vai ter de fazer alguma coisa, não vai deixar o grande amor de sua vida partir. Me sinto assim, tão só sem você, ter de te ver todas as manhãs e não poder agir, não poder correr aos seu braços e dizer: “eu te amo”, ver teu nome em todas as últimas folhas de todos os meus cadernos da escola, te ver passar, sorrir e disfarçar como se nada nunca tivesse acontecido. Faça alguma coisa! Pelo seu bem, ou, pelo meu. Mas preciso de ti, preciso muito de ti garoto. Venha me completar, tape o buraco que deixastes em meu coração.
Agora que você sabe o que estou sentindo, talvez pense em fazer algo, mas não adianta, se não está quente não tem fogo, entendeu? Não precisa forçar, se tiver que terminar e te esquecer para sempre eu tento, mesmo sem sucesso vou tentar mais e mais, até que um dia eu possa esquecer você. Tomar um banho gelado, lavar a alma, pensar em alguém que esteja em meu alcance. Você é demais, é muita coisa para minha cabeça, você é ser, ter e querer. Você é tudo que consigo imaginar nesse momento, estou saindo de mim, estou me perdendo de mim mesma que tolice! Quero a solidão, melhor que um coração partido, um coração mal-tratado e não amado, um coração limpo e livre para possíveis romances no futuro.
Estou pronta, limpa. Te esqueci, espero.

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Super-estranhos

Olá ser humano. Escrevo hoje á vocês por um motivo muito óbvio, e leia depressa, pois minha caneta relógio estará sumindo dentro de oito minutos. Espero que entenda minha mensagem, e que comunique á todos o que escreví.
Mesmo muito distante consigo observar o mundo de vocês muito bem. Porém nada anda me agradando. Sei que não sou a melhor pessoa para falar sobre poluição, pois aqui no planeta Terraterrestre não existe esse tipo de coisa, sendo também que essa palavra não está em nosso dicionário, mas graças a varias pesquisas em meu computascópio (um computador que vocês ainda não conhecem, pois só estará presente na Terra em cinco bilhões de anos), consegui desvendar esse mistério. Quando descobri que poluição era excesso de material usado e sem serventia sobre a crosta-terrestre fiquei impressionado com a falta de cuidado de vocês, humanos. Portanto, esse é o primeiro ítem de minha lista de prioridades.
O segundo ítem é um pouco indiscreto de tratar com você, talvez ele demore mais para se solucionar, mas é muito importante e se chama cara-de-pau. Isso! vocês acham que vivem sozinhos no planeta, e se eu tivesse aí, vocês veriam com os próprios olhos o tamanho de meus músculos, mesmo essa não sendo a melhor forma de se solucionar esse problema.
Terceiro ítem - A cada árvore arrancada, plante mais duzentas mudas das mesmas, porque caso contrário, humano, você irá morre por falta de oxigênio! E eu, gostaria muito de estar desocupado no momento que isso acontecer, porquê gostaria muito de presenciá-lo.
Por enquanto é só, peguei leve dessa vez, mas espere a próxima carta, talvez não do seu agrado, mas um pouco criativa á minha parte.
E nesse momento, você percebe que a cor do meu texto está ficando um pouco mais clara, mas não se preocupe em ler rapidamente porque essa é a última linha.

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Pesadelando um sonho

Oi. Eu não estou bem e não tenho novidades. Não puxe papo, estou bloqueada. Não me peça sobre coisas patéticas porque não irei responder. Por alguns momentos estarei ausente, de mim e do meu mundinho. E quando de repente não me achar, é porque estarei ocupada, não sei com o que. E se tentar me ligar, meu celular quebrou, ou qualquer outra coisa para não te atender. Mas se quiser me ver, é melhor olhar uma foto, porque estarei invisivel. Tente contato com outra pessoa, algúem que esteje disponivel, e possivelmente alguém que tenha tempo de te escutar e que possa se entregar nas mãos de uma criança perdida. Mas, não se iluda, porque ás vezes, tudo não passa de um sonho, em que as coisas acontecem planejadamente, e você sempre se dá bem. Talvez você esteja sofrendo um pesadelo, e que no momento em que você morde a maçã envenenada fica totalmente bloqueado e não consegue acordar. Eu sei que isso são suposições, mas é melhor cuidar, e um dia eu lhe darei o seu merecido troco, e a bruxa da maçã envenenada, serei eu.

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Dinheiro


Hoje acabo de descobrir o sentido da vida. Antes de dormir, nos meus últimos pensamentos do dia, fiquei pensando. Pensando em tudo o que podemos fazer em nossa vida antes de nos despedirmos dela. Tudo o que um ser humando trabalha para ganhar um pouco de dinheiro, pagar suas contas, e, infelizmente fazer tudo outra vez.
Muitas pessoas dizem que quem inventou o dinheiro é um sábio. Mas será? Será que um sábio inventaria o sofrimento das pessoas por pura ilusão? Será que um sábio preferiria que as pessoas fossem gulosas e só trabalhassem para ganhar um dinheiro mal pago desses?
Ao receber o salário no final do mês, deveríamos colocalo num potinho e ficar observando. Pensar se todo o nosso suor caberia alí; Se nossas dores de cabeça teriam espaço naquele lugar tão pequeno; E se nossas preocupações e noites sem dormir também entrariam alí. Isso sim é trabalho para um sábio.
O dinheiro foi o material mais triste que o ser humano já viu na terra, porque tudo o que formos fazer temos de pensar primeiramente no dinheiro. Nada de felicidade sem esse maldito.
Mas poderiamos mudar esse sentido da vida, poderíamos tentar viver gastando o mínimo possível, na esperança de um dia ele evaporar.

domingo, 7 de fevereiro de 2010

Paixão

Como tudo o que acontece na vida,
Visite: Mensagens, Papel de Parede, Videos um dia desses me apaixonei,
foi de repente, sem querer.Ao te ver senti uma coisa muito quente e sem explicação,
o coração forte começou a bater.
Esse amor foi crescendo, logo me envolvendo.

Num simples dia me peguei em um sonho,
unicamente sem razão.
Onde olho vejo você, mas dói viver se não for nos teus braços,
estar sem poder te tocar.
Sempre que nos encontramos, perco os sentidos,
logo me vejo ao seu lado, sonhando com nós dois,
em um único sonho, dentro de um único coração.
Não era a única que te amava,
via-me triste ao ver-te nos braços de outra.
Te querer e não te ter para mim é o fim.
Meu amor por vários motivos de aflição.

Autor anônimo

Hoje é outro dia, não há nada há fazer, porque tudo o que era possível poderia ser resolvido antigamente. Hoje você pode esquecer, pode sorrir, se queria me ver chorar. Você já passou da conta, não tem volta. O que tinha de ser feito já se resolveu. E o meu amor? Se foi pro lado norte junto com o vento de uma noite de verão. Aonde? Agora ele deve estar passando em frente a sua casa, talvez ainda de tempo de recuperá-lo, mas pe melhor se apressar, caso contrario, ele será roubado por qualquer um que conseguir capturá-lo.
Mas, se for impossível, e sua velocidade for muito acentuada, não adianta mais se iludir, ele não vai voltar, o raio não cai duaz vezes no mesmo lugar.

sábado, 6 de fevereiro de 2010

mudando os hábitos...

Para a maior parte das pessoas, a palavra chave da adolescencia é transformação. No meu caso, a transformação sempre foi marcada por timidez excessiva e insegurança infundada. Sabe como me curei disso? Á base de reflexão e autocrítica - confesso que exagerada ás vezes. Cheguei sozinha ás minhas próprias conclusões e comecei a me educar. Guardei para mim tudo de melhor e observava nas pessoas e descartava o que não tinha charme algum. Assim fui moldando uma personalidade que, sei, está longe da perfeição, mas me ajudou a conquistar muitos objetivos.
De tudo, o mais importante foi começar a ter percepção do que eu era e de como as pessoas me viam. Faça essa reflexão diariamente e você vai perceber como impresões distintas acerca de uma mesma pessoa podem ser díspares. É como se você sempre se olhasse de frente num espelho e se esquecesse de que os outros a vêem de todos os ângulos. Na maioria das vezes nos assustamos quando vemos uma foto nossa tirada de repente, pois invariavelmente achamos que poderia ser melhor. É isso! Foto posada é como gostaríamos de ser vistas, e a inesperada, aquela que, algumas vezes, por pouco não queima o filme, é como os outros nos vêem de fato.
Essa consciência não é realmente muito agrdável. No entanto, precisamos encarar nossos ângulos ruins, nossos defeitos.
Quando jovens, dificilmente chegamos a tais conclusões. No entanto, desenvolver uma reflexão a respeito de sua relação com você mesma e com o mundo mostra-se fundamental nessa fase. Com certeza é uma boa hora para questionamentos, pois a vida adulta começa a nascer.
Acontece mais ou menos assim: na adolescência, quanto mais você cuidar de seus cabelos, mais esse hábito se arraigará em sua conduta, garantindo-lhe cabelos bonitos vida afora.
Quanto menos maquiagem você usar e menos sol tomar, menor a prodabilidade de ter problemas de pele ou envelhecimento precoce. Quanto mais frequente o exercicio de coordenar roupas e se vestir com estilo, bem maiores serão as chances de se tornar uma mulher de bom gosto. Via de regra, quanto mais você treina, mais se torna especialista em determinados assuntos. Mas cuidado! Eu não quero que você fique neurótica. Aliás, outra máxima da vida é: nada em exagero é bom. Entretanto, começar a se preocupar mais cedo com sua saúde, descobrir os potenciais de sua beleza ter experiências de trabalho, mesmo que voluntário, aprender a lidar com dinheiro e aprender também a se comportar socialmente, tudo isso só lhe fará bem e poupará muitas rugas e aborrecimentos no futuro.
A adolescência pode ser difícil e até penosa, mas é um tempo único para experimentar novas sensações. Viver essa fase intensamente não é apenas um direito seu; é também uma obrigação. Aproveite, acerte e erre sem medo. No final, você constatará que o mais importante mesmo é aprender. Agora, um conselho. Se você estiver passando em sua adolescência por graves crises de relacionamento, com você mesma e com os outros, e não estiver conseguindo se libertar das amarras sozinha - o que pode acontecer com qualquer um -, tome uma atitude inteligente: procure ajuda profissional; você verá que um psicólogo pode ser tudo de bom.
Por Drica Pinotti.

ADOLESCENTE

A adolescencia é uma fase ótima da vida de uma pessoa, ainda não passei por ela, mas pelo que todos dizem ela é boa e complicada. O adolescente vive praticamente no "seu mundo", e ao seu redor, só vivem gente velha e desentendida, e é claro eles sempre tem razão. A melhor coisa para um adolescente é pensar que ele não vive sozinho no mundo, e mesmo não querendo, terá que conviver com "pessoas anormais" para o resto da vida. Caracteríscas básicas de um adolescente:
Efeito múmia: você nunca o verá passeando pela casa, seu trageto diário é do quarto ao banheiro.
Efeito robô: O único som que ele faz é o do teclado do computador.
Efeito cinderela: Um adolescente adora praticar o sono, eles mais parecem corujas, passam a noite e a madrugada acordados, e usam a luz do dia para dormir.
Efeito futebol: esse já é mais para as meninas, que adoram ficar se olhando no espelho, mas quando colocam na cabeça que á qualquer dia podem voltar da escola rolando, não tem pais que tiram a ideia da cabeça da adolescente. Aí, nunca come nada, e tem medo até de tomar um copo de água. Mas se isso for de mais a pessoa pode ser anorexia e desenvolver a leucemia.
Efeito sabedoria: Esse é muito difícil de ser controlado, para alguns adolescentes, seus pais viram velhos burros que não entendem nada da vida, "Eu tenho razão".
Esses ainda são algumas epidemias mais básicas que atingem o adolescente, mas tem muitas!

Raiva

Deveria haver um porque de sempre pronunciarmos palavras raivosas quando não gostamos de certo tipo de coisa. Ás vezes essas palavras mal-pronunciadas poderiam ser trancadas na nossa lingua por um detector de bobagens, pena que esse detector ainda não foi inventado, mas quando inventarem quero ser uma das primeiras a comprar. Esse palavriado sujo já está automatica-mente salvo em nossa mente, e quando nos irritamos com alguma coisa, ele sai da nossa boca por já estar acostumado. Nossas bobagens são praticadas logo pela manhã, muitas vezes já aconteceu conosco de falarmos: "Ai que raiva, aquele padeiro pediu cinco vezes quantos pães eu queria!". Pobre padeiro, devia sofre de alguma doença como alzheimer ou surdez. Pesquisas indicam que o brasileiro fala em média 20 palavrões por dia, poderiamos diminuir isso, ou pelo menos quando formos falar besteira, deveríamos pensar em três coisas: 1ª - se estariamos ajudando algo ou alguém; 2ª - Se o que estariamos dizendo iria nos ajudar; 3ª - Se a nossa pronuncia seria verdadeira. Portanto nossas palavras diarias diminuiriam 1/3 ao dia. Vamos tentar?