Bem vindos ao meu blog!



quarta-feira, 10 de março de 2010

Conto de fadas não tanto ficção

Você não imagina o que nesse momento sinto. Talvez não devesse nem imaginar porque estou escrevendo. Não precisa saber que estou sofrendo, não vai adiantar. Você continua aí, não faz nada, será que nunca pensou que posso estar sofrendo? O que tem de errado com você? Seu coração se transformou em pedra ou só está disfarçando? Não fuja do amor, ele é tão lindo, assim como você. Agente pode ficar junto, e criar uma história linda, onde no final sempre termina num “felizes para sempre”, ou será que ainda não está na hora certa? Pode ser o momento do lobo-mal entrar em jogo, ele quer o coração da menina inocente, será que o príncipe irá salva-la? Ele vai ter de fazer alguma coisa, não vai deixar o grande amor de sua vida partir. Me sinto assim, tão só sem você, ter de te ver todas as manhãs e não poder agir, não poder correr aos seu braços e dizer: “eu te amo”, ver teu nome em todas as últimas folhas de todos os meus cadernos da escola, te ver passar, sorrir e disfarçar como se nada nunca tivesse acontecido. Faça alguma coisa! Pelo seu bem, ou, pelo meu. Mas preciso de ti, preciso muito de ti garoto. Venha me completar, tape o buraco que deixastes em meu coração.
Agora que você sabe o que estou sentindo, talvez pense em fazer algo, mas não adianta, se não está quente não tem fogo, entendeu? Não precisa forçar, se tiver que terminar e te esquecer para sempre eu tento, mesmo sem sucesso vou tentar mais e mais, até que um dia eu possa esquecer você. Tomar um banho gelado, lavar a alma, pensar em alguém que esteja em meu alcance. Você é demais, é muita coisa para minha cabeça, você é ser, ter e querer. Você é tudo que consigo imaginar nesse momento, estou saindo de mim, estou me perdendo de mim mesma que tolice! Quero a solidão, melhor que um coração partido, um coração mal-tratado e não amado, um coração limpo e livre para possíveis romances no futuro.
Estou pronta, limpa. Te esqueci, espero.

Nenhum comentário:

Postar um comentário